Leomaria Mendes Sobrinho

Leomaria Mendes Sobrinho
Acróstico

Estatísticas

Brincadeira

Minha colega me chamou No intervalo para o lanche Para brincar de yog hoou, De varetta ou tinta guache. Ela preferiu de brincadeira A jogada do capitão, Saiu de sua cadeira E sentou-se pelo chão. Eram tantos os brinquedos Que esqueci do seu chamado, No bambolê passei os dedos, Escolhi o esverdeado. Na alegria contagiante Experimentamos o montante. O tempo passou em um instante! Acabou-se a diversão de estudante.

Pesquisar este blog

segunda-feira, 8 de março de 2010

SOU MULHER




A decepção que vem de mansinho
Me ferindo que nem espinho
E o tempo passa neste rancor
São feridas dos que me tem amor.

Sou disponível à situação do alheio
Sem retorno ao bem me ofereço
Sem reconhecimento eu sou o meio
Do final ao começo.

Respiro bem fundo em minha alma
Refaço as minhas forças que transferidas
Aos seres carentes foram esquecidas.

Sou mulher no meu jeito de ser
Natureza que no mundo se exala
Refloresço antes do amanheçer.

autora:Leomária Mendes Sobrinho
08/03/2010
lea.sobrinho@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bem vindos!